Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


17
Fev14

A falsidade.

por sarahatesyou

O pessoal hoje em dia é capaz de reclamar com a mãe porque lhe meteu bróculos na comida e não gosta, mas dizem olá todos cheios de sorrisinhos falsos a gente que não gosta. "Ah é por boa educação, tu é que és mal educada". Não.


Eu quando não gosto de uma coisa não a vou comer porque senão é má educação. Não estou a desrespeitar o nabo por não o comer. Eu desde muito cedo adotei a posição "podes fazer o que quiseres desde que não me chateies", é por isso que sou a favor das coisas todas. E esta posição, em versão short, também pode ser chamada "estou-me a cagar para ti".


Eu de mim sou uma pessoa direta, se te tiver que mandar para o carácter (abraço Jorge Gabriel), eu mando, sem problemas. A maioria das pessoas é muito amiguinha pela frente e depois fala mal nas costas. Eu não percebo porque fazem isso. Se não gostam de uma pessoa, não falem com ela, não a cumprimentem, não lhe perguntem pela família. Porque se não gostam de uma pessoa, isso não vos interessa.


Porém, não me vou pôr com falsos moralismos, eu também falo mal nas costas, mas falo literalmente nas costas da pessoa. E alto, que é para ela ouvir. E se olhar para mim com ar de "sei que estás a falar de mim" eu vou responder com o mesmo ar de "e é mesmo para saberes, bitch".


Porque são mais felizes se se estiverem a cagar para o mundo.

Portem-se bem.
Sejam amigos, mas não sejam falsinhos.
A Sara odeia-vos. ♡

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 crítica

Sem imagem de perfil

De May a 21.02.2014 às 20:55

isso é muito verdade!

criticar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





quote of the week

"to be awake is for us to think and for us to think is to be alive" — Car Radio, twenty one pilots

gira-discos