Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


08
Jul13

Fatalidades.

por sarahatesyou


Vamos todos morrer. É fodido.


Vamos morrer. Um dia tudo acaba, estamos bem e de repente tumba acabou, temos pena. E depois? Para onde vamos? O que acontece? Os que se portam bem vão para o céu, os que se portam mal vão para o inferno e os indefinidos vão para o purgatório? Por esta lógica o céu está vazio, porque somos todos umas bestas, o inferno tem meia dúzia de gatos pingados e o purgatório está cheio. Acho que vou ali roubar um chupa-chupa a um bebé, que não gosto de estar no meio de multidões.


Cheguei à conclusão que não tenho medo de morrer, talvez devido ao meu problema, mas tenho medo do que é a morte. Isto é uma coisa que me assombra todos os dias, não há um único dia em que não pense nisto, talvez daí estar a escrever este texto. O que me atormenta é não saber o que acontece depois. Talvez seja essa a parte gira, a surpresa. Um dia abrimos os olhos e temos o ser todo poderoso à nossa frente. Ou então reencarnamos noutra pessoa. Ou então, e esta é a teoria que eu e a minha irmã arranjámos em pequenas, há "troca de almas" e quando morrermos vamos nascer noutro planeta. Porque, vá lá pessoal, a Terra não é o único planeta com vida. Outra coisa, como sabemos que estamos mortos? Aparece uma faixa a dizer "Game Over"?


Hm. E vocês? Como lidam com a vossa mortalidade?

 

Desculpem, estou com uma crise criativa. Passo mais tempo a olhar para o cursor a piscar do que propriamente a escrever.

 

Peace out, amiguinhos. Sejam amigos.

A Sara odeia-vos. ♥

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 criticas

Sem imagem de perfil

De Joana Raminhos a 08.07.2013 às 13:52

Eu não tenho medo de morrer, tenho medo de não conseguir lidar com a morte dos outros... :(
Sem imagem de perfil

De May a 09.07.2013 às 01:03


eu tenho medo de sofrer ao morrer, porque supostamente, existem mortas não dolorosas, é o que se diz..
Sem imagem de perfil

De @marcelo4005 (twitter) a 11.07.2013 às 23:57

Para ser sincero eu não tenho medo de morrer mas sim da forma como isso possa acontecer. Todos nós um dia iremos passar por essa experiência por isso não acho que valha a pena estarmos com medo. Segundo a minha visão das coisas penso que depois da morte não haverá nada; tal como se estivéssemos a dormir. O que eramos antes de nascer? Nada, simplesmente não existíamos. O que seremos depois da morte? Seremos só um aglomerado de átomos que se vai desintegrando e espalhar-se por aí. PEnso na morte como um sono permanente onde tudo acaba e não como se fossemos reencarnar ou  para o paraíso ou algo do género 

criticar



the author && the blog

sadie. 24. portuense e benfiquista. ninguém vai ler isto.

O Humanity is Overrated é a minha caixa negra/um blog sobre assuntos. Todos os textos são originais, sendo assinalados os excertos retirados de outros sítios. Todas as imagens são retiradas da internet, as que me pertencem estão assinaladas. Se alguma delas lhe pertence ou se estiver a infringir algum direito de cedência de imagens pede-se o favor de me contactar via comentário ou por e-mail (humanityisoverrated@sapo.pt) e a mesma será eliminada.

Licença Creative Commons



quote of the week

"to be awake is for us to think and for us to think is to be alive" — Car Radio, twenty one pilots

cantinho de leitura


gira-discos


featured