Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


21
Mar13

A necessidade de aparecer

por sarahatesyou

Como frequentadora assídua de redes sociais (estou registada na grande maioria, não me julguem, não saio de casa) já passei por várias fases de cada rede social. Não vou fazer um post acerca de como o Facebook modificou as redes sociais e as pessoas e a internet porque disso já toda a gente sabe. Vou fazer um post sobre a necessidade de aparecer das pessoas na faixa etária entre os 12 (estou a ser simpática) e os 25 (continuo a ser simpática).

Não vou criticar a criançada de 10-12 anos que anda no computador porque com essa idade também eu andava (aliás tive aulas de informática no 4º, 5º e 6º ano por vontade própria. Enquanto as minhas amigas andavam a ter aulas de dança e ginástica. Sou tão outkast!!!!!!). Com 7-9 anos eu tinha um daqueles computadores fofos e não fazia ideia o que era internet por isso só o usava para jogar Pinball (era alta craque, segurem-se), Copas (o meu primo de 8 anos ensinou-me. Também sou craque) e tentar perceber como se jogava Freecell (já sei. Mas não sou craque neste, lamento). Entretanto chegou lá a casa a internet (daquela que se tinha que ligar uma maquineta à eletricidade e ao computador e esperar quase duas décadas para aquilo ligar) e com a internet chegou também um portátil da Compaq, que ainda deve estar lá por casa - não garanto é que funcione, aí sim era a alegria. Quando cheguei ao 5º ano e mudei de escola, todos falavam de uma situação inovadora (para mim) que era o MSN. O meu primeiro e-mail era para lá de genial: bixanax_14@hotmail.com. Não me perguntem de onde tirei a ideia para bixanax, mas o 14 vem deste sujeito. Para eu ir ao computador tinha que pedir autorização aos meus pais e para estar na internet a minha mãe estava sempre ao meu lado (o que não acontece agora com o meu irmão), e foi assim até ao meu 8º ano. O meu irmão com 10 anos já tinha Facebook. Com 11 já andava a ver cenas chamadas "As meninas sexys do Facebook".

 

Tudo isto começou com o Facebook. E não, não vou criticar as meninas que postam fotos quase nuas, porque essas apenas querem uma esfregadela no ego (só no ego, espero eu), mas aqueles posts "Clica em gosto se gostas de amêijoas" e seus derivados, são coisas que me transcendem.

Qual é a necessidade disto?

A moça tinha 150 likes o que, pelas leis do post, faz dela "BONITO/A". E 212 pessoas estavam "ON". Mas aparentemente para além dos likes nas fotos serem importantes, outra coisa importante é o número de seguidores/subscritores.

Seja no Facebook, seja no Tumblr, no Twitter e/ ou no Instagram.

 

Temos pessoal com menos seguidores que faz tweets fofos para pessoas com mais seguidores para terem retweets e com isso ganhar seguidores. Por acaso aconteceu-me uma situação parecida uma vez, mas sem querer. Fiz um tweet genial de manhã e o KikoIsHot fez retweet (o tweet não era para ele, btw) e isso rendeu-me 9 seguidores novos. E a mim também me fazem tweets desses (embora ao pé das moças a quem os tweets acima foram enviados, o meu número de seguidores é uma ninharia) mas se estão a ler isto escusam de o fazer porque cago de alto em vocês. Mas obrigada pela preocupação.

No ask.fm, para além de serem famosos com likes nas respostas, podem aparecer com vídeos e o caraças. Soberbo. O ask.fm é a prova de que a criançada não devia ter acesso à internet sem supervisão dos pais.

O attention whorismo no Instagram também é fofo. Mas o meu comentário traduzir-se-á numa imagem apenas e acho que com ela vocês compreenderão.

E no Tumblr.

Resumindo (e se leste isto até ao fim: não devolvo o tempo que perdeste) o número de seguidores que tens onde quer que seja não é importante "Só dizes isso porque tens +800 seguidores no Twitter" não, até porque o que eu digo no Twitter não interessa nem ao menino jesus, porque os seguidores só servem para sentir que não estão a falar para o boneco.

Por isso, sejam amigos porque só vivem uma vida (YOLO) e não vão querer olhar para trás no leito da morte e recordar que o maior feito da vossa adolescência foi ter 1000 seguidores numa rede social.

 

Comportem-se.

A Sara odeia-vos. ♥

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 criticas

Sem imagem de perfil

De May a 21.03.2013 às 19:16

tudo o que eu penso está neste post! aleluia, alguém que tenha coragem de falar.
Sem imagem de perfil

De umaraparigadesapatilhas a 27.03.2013 às 17:09

é mais: o que será que vão meter em mim?
btw .. este post devia ser publicado no Jornal de Notícias e deveria de ser transmitido na televisão amiga, tens jeito.
Sem imagem de perfil

De May a 29.03.2013 às 19:43

fixe :)

criticar





quote of the week

"to be awake is for us to think and for us to think is to be alive" — Car Radio, twenty one pilots

gira-discos